Confraria da Dança presente no Festival de Dança de Londrina 2022

 

Oficina "Dança, Ação, uma Pitada de Emoção"

Dia e horários: 11 de outubro, das 17 às 18h30
Público-alvo: Crianças acima de 7 anos com acompanhantes adultos
Capacidade: 20 vagas (20 duplas criança/adulto) 

Local: Funcart (Rua Senador Souza Naves, 2380)
Valor: R$ 15,00 (os adultos que acompanharão as crianças não pagam)
Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/oficina-de-danca-acao-uma-pitada-de-emocao-com-diane-ichimaru-confraria-da-danca/1738422

Nessa oficina, as crianças são convidadas a participar de uma pitada de “prosa de corpo” como uma gostosa brincadeira de inventar e dançar a partir de percepções corpóreas. A proposta é que as crianças participem de um jogo em constante transformação para criar movimento e comunicação pelo corpo. Exercícios de alongamento, aquecimento e desbloqueio muscular são introduzidos de forma lúdica, em meio a jogos dirigidos. A conscientização e exploração das estruturas ósseas e musculares, além do estímulo aos sentidos, à emoção, às qualidades e fluxos de energia, são desenvolvidos, resultando numa gostosa brincadeira dançada, antecipando as comemorações pelo Dia das Crianças de um jeito lúdico e divertido.

Espetáculo "MIRABOLANTE"

Dia: 12 de outubro - quarta-feira
Horário: 17 horas
Local: Teatro Ouro Verde - Rua Maranhão, 85 - Londrina/PR
Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/mirabolante—espetaculo-de-danca-para-criancas-confraria-da-danca—campinassp/1740220

Que tal comemorar o Dia das Crianças com a alegria de um carnaval fora de época? As lembranças e as histórias dos antigos carnavais inspiraram a criação deste espetáculo, que vai contagiar espectadores de todas as idades. “Mirabolante” passeia pelo mistério dos mascarados e as brincadeiras de assustar, recria o clima de nostalgia das matinês, pulsa na dança rebuscada dos passistas. Os bailarinos Diane Ichimaru e Marcelo Rodrigues tocam, cantam e dançam embalados por frevos, marchas, marchinhas e jogos de palavras. Eles brincam pra valer, disputam no bate-bola, dão vida a esqueletinhos e bonecões, criam até uma tourada maluca. Na reinvenção desta festa que remonta ao período colonial, quando as pessoas faziam bagunça nas ruas atirando farinha, água e lama umas nas outras, tudo é permitido. O espetáculo, que tem direção do reverenciado João das Neves e de Diane Ichimaru, estreou em 2013 e já foi apresentado em inúmeras cidades.  Assim como acontece todos os anos na maior festa popular do País, não há limite para a alegria no carnaval mirabolante: quanto mais extravagante e inventivo, melhor!


 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Confraria da Dança no SESI Piracicaba

Confraria da Dança comemora os 10 anos do espetáculo “Sem Fim” com circulação pelo interior de São Paulo

Estreia em Campinas - Maria Celeste