Confraria da Dança presente no Festival de Dança de Londrina 2022

 

Oficina "Dança, Ação, uma Pitada de Emoção"

Dia e horários: 11 de outubro, das 17 às 18h30
Público-alvo: Crianças acima de 7 anos com acompanhantes adultos
Capacidade: 20 vagas (20 duplas criança/adulto) 

Local: Funcart (Rua Senador Souza Naves, 2380)
Valor: R$ 15,00 (os adultos que acompanharão as crianças não pagam)
Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/oficina-de-danca-acao-uma-pitada-de-emocao-com-diane-ichimaru-confraria-da-danca/1738422

Nessa oficina, as crianças são convidadas a participar de uma pitada de “prosa de corpo” como uma gostosa brincadeira de inventar e dançar a partir de percepções corpóreas. A proposta é que as crianças participem de um jogo em constante transformação para criar movimento e comunicação pelo corpo. Exercícios de alongamento, aquecimento e desbloqueio muscular são introduzidos de forma lúdica, em meio a jogos dirigidos. A conscientização e exploração das estruturas ósseas e musculares, além do estímulo aos sentidos, à emoção, às qualidades e fluxos de energia, são desenvolvidos, resultando numa gostosa brincadeira dançada, antecipando as comemorações pelo Dia das Crianças de um jeito lúdico e divertido.

Espetáculo "MIRABOLANTE"

Dia: 12 de outubro - quarta-feira
Horário: 17 horas
Local: Teatro Ouro Verde - Rua Maranhão, 85 - Londrina/PR
Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/mirabolante—espetaculo-de-danca-para-criancas-confraria-da-danca—campinassp/1740220

Que tal comemorar o Dia das Crianças com a alegria de um carnaval fora de época? As lembranças e as histórias dos antigos carnavais inspiraram a criação deste espetáculo, que vai contagiar espectadores de todas as idades. “Mirabolante” passeia pelo mistério dos mascarados e as brincadeiras de assustar, recria o clima de nostalgia das matinês, pulsa na dança rebuscada dos passistas. Os bailarinos Diane Ichimaru e Marcelo Rodrigues tocam, cantam e dançam embalados por frevos, marchas, marchinhas e jogos de palavras. Eles brincam pra valer, disputam no bate-bola, dão vida a esqueletinhos e bonecões, criam até uma tourada maluca. Na reinvenção desta festa que remonta ao período colonial, quando as pessoas faziam bagunça nas ruas atirando farinha, água e lama umas nas outras, tudo é permitido. O espetáculo, que tem direção do reverenciado João das Neves e de Diane Ichimaru, estreou em 2013 e já foi apresentado em inúmeras cidades.  Assim como acontece todos os anos na maior festa popular do País, não há limite para a alegria no carnaval mirabolante: quanto mais extravagante e inventivo, melhor!


 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Abril/ 2023 - Horizonte Submerso no SESC São José dos Campos

Confraria da Dança no SESI Piracicaba